Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
PRESIDÊNCIA DO SENADO O NOVO COM VELHAS PRÁTICAS CONTRA O POVO
04/02/2019 12:52 em POLÍTICA

O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), 41anos, eleito neste sábado (2) para comandar a Casa pelos próximos dois anos, está no primeiro mandato como senador.

O novo presidente do Senado é aliado do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), que, nos bastidores, articulava apoio a ele. A mulher de Lorenzoni, Denise Verbeling, trabalha no gabinete do Alcolumbre.

Atuação legislativa

Desde 2015 no Senado, Alcolumbre participou de votações importantes e polêmicas na Casa. O parlamentar do Amapá votou, por exemplo, a favor da reforma trabalhista em 2017.

No mesmo ano, ajudou o Senado a derrubar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que afastou o então senador Aécio Neves (PSDB-MG), hoje deputado federal.

O tucano foi afastado pelo Supremo após ser denunciado pela Procuradoria Geral da República, com base nas delações da JBS, pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Com os votos de 44 senadores, Aécio pôde retomar as atividades parlamentares.

No ano passado, Alcolumbre votou a favor do reajuste para ministros do STF. Por 41 votos, o Senado aprovou reajuste de 16% nos salários dos magistrados. O vencimento passou de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Em 2016, votou a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, que perdeu o mandato e deu lugar a Michel Temer no Palácio do Planalto.

Fonte:Agências de Notícias

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!