Volume
Redes
Sociais
MORRE AOS 81 ANOS WALTER LINS UM DOS MAIORES RADIALISTA DO NORDESTE
09/01/2017 - 12h52 em PERSONALIDADES

 

Morreu na manhã desta segunda-feira aos 81 anos o radialista Walter Lins. O "comunicador da Amizade", como era chamado, estava internado no Hospital Unimed Recife, na Ilha do Leite, área central da capital pernambucana. Ele faleceu em virtude de complicações provocadas por um câncer de fígado. 

Lider de audiencia com o Programa "caixinha de Pedidos"Os sucessos musicais de ontem e hoje, de Vicente Celestino a Vanessa da Mata, têm encontro garantido nas manhãs de sábado no programa Caixinha de Pedidos, apresentado pelo radialista Walter Lins. A atração vai ao ar das 10h às 12h, na Rádio Olinda AM, e apresenta, além da parte musical, mensagens de otimismo, informação, prestação de serviços e flashes esportivos. Tudo com a participação ativa dos ouvintes, formado por pessoas que acompanham a carreira do apresentador desde o início, e também por novos admiradores. Eles ligam e ajudam a compor o Caixinha, pedindo músicas e mandando mensagens.

Paraibano de nascimento, pernambucano de coração, Walter retorna à casa onde deu os passos mais importantes na vida radiofônica. como líder comprovado de audiência marca ainda não batida por outro comunicador , justamente com o Caixinha de Pedidos.

“Hoje o programa se caracteriza de forma diferente, porque retrata músicos do passado e também do presente, de todos os gêneros. É essa mistura de músicas”, explica Walter sobre a atração que tem marcado índices crescentes de audiência a cada semana e que, originalmente, levava ao ar apenas os artistas da época.

Em vez do agito do meio radiofônico, o que atraía a atenção de Walter Lins era o ambiente contemplativo do seminário. Mas só até os 12 anos. Sua trajetória no meio radiofônico seria iniciada cinco anos depois, quando foi chamado para falar ao público pela primeira vez, em quermesse do bairro de Cruz das Armas, João Pessoa. Pouco depois, seria a vez de sua voz ser ouvida pelas ondas da Rádio Arapuã AM, onde atuou como locutor comercial. O ano era 1952. De lá, em 1954, foi para a Rádio Tabajara da Paraíba, de onde veio o convite para integrar o Trio Jaçanã, grupo musical de grande sucesso em João Pessoa, com Marlene Freire e o compositor José Pequeno.

Em Pernambuco, Walter teve passagens pelas rádios Clube e Olinda, e comandou os programas "Carrossel" e "Caixinha de Pedidos". É Difícil imaginar que essa multidão de ouvintes ficaria órfã de sua voz.

O velório do radialista será realizado a partir das 10h, no Morada da Paz. O sepultamento será às 16h.

FONTE:SISTEMA PAULISTENSE DE COMUNICAÇÃO

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!