Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
PROCESSO PARA CASSAR CHAPA DILMA -TEMER CONTINUA
21/10/2016 19:47 em POLÍTICA

 

O ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró prestava depoimento na sede do Tribunal Regional Federal no Centro do Rio, no fim da tarde desta sexta-feira (21), como testemunha de acusação na ação que pede a cassação da chapa formada pelo presidente Michel Temer e pela ex-presidente Dilma Rousseff nas eleições de 2014.

O ex-diretor chegou ao tribunal sozinho, por volta das 17h10, e a imprensa não teve acesso ao depoimento. Delator da Operação Lava Jato, Cerveró falava na condição de testemunha. A ação, proposta pelo PSDB, aponta abuso de poder político e econômico na disputa presidencial, e acusa a campanha de usar recursos de propina desviados pelo esquema de corrupção que agia na Petrobras.

Em depoimento a investigadores da Lava Jato, Cerveró falou da suposta participação de Dilma em negócios suspeitos da Petrobras, especialmente a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, que segundo o Tribunal de Contas da União (TCU) gerou prejuízo de US$ 792,3 milhões aos cofres públicos.

Em caso de condenação, Temer perderia o mandato de presidente. Se o processo for encerrado ainda este ano, novas eleições serão convocadas, mas caso a ação só seja concluída a partir de 2017 a escolha de um novo presidente caberá ao Congresso Nacional.

Se for condenada pelo TSE, Dilma ficará inelegível por 8 anos, pena da qual se livrou no processo de impeachment no Congresso, com o fatiamento da votação do Senado na qual foi aprovado seu impeachment.

FONTE:G1

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!